TECNOLOGIA

Mindera abre espaço para Inclusão e diversidade na tecnologia

21/06/2022 15:00:00

Mindera abre espaço para Inclusão e diversidade na tecnologia

Em uma sociedade cada vez mais global, o incentivo à inclusão e à diversidade na tecnologia precisam compor o quadro de objetivos estratégicos das empresas desse segmento. 

Neste artigo, vamos destacar o quanto não trabalhar com a inclusão e a diversidade na tecnologia pode ser prejudicial para a atuação de uma empresa no setor. Outro ponto que será abordado é a reflexão de como abraçar singularidades torna-se um compromisso social também estratégico. 

O MUNDO ATUAL PRECISA DE EQUIPES PLURAIS 

No passado, muitas empresas tinham regras excludentes para selecionar profissionais. Preconceitos diversos limitavam o campo de atuação para muitos talentos. O ambiente organizacional era controlado por hierarquizações e postulados defendidos como “política” da empresa. 

Mas como dito no parágrafo anterior isso é e precisa ficar no passado. Pensar na formação de uma equipe que atenda as demandas da sociedade atual, é atentar-se para um grupo heterogêneo, múltiplo e diversificado. No segmento da tecnologia isso é mais do que indicado. É obrigatório! 

Afinal, pensar em tecnologia, mercado e ações de inovação, mas trabalhar com regras e posicionamentos excludentes além de ser uma política ultrapassada, regulamenta uma postura nefasta para o mundo sem fronteiras e limitações como o dos nossos dias. 

MINDERA: UM ESPAÇO INCLUSIVO PARA VOZES DIVERSAS 

Com a missão diária de propor soluções em TI com o desenvolvimento de softwares escaláveis de alta performance, a Mindera tem sua atuação com foco no global. E quando se utiliza o termo global, não é porque se trata de uma multinacional com trabalhos realizados em diversos países. 

O “global”, que é um dos pilares dos processos de desenvolvimento tecnológico da Mindera, está no fato de estar aberta para as múltiplas vozes, ideias e pensamentos de seus colaboradores. E ter sua equipe distante da formação de estereótipos, posturas e ideias ultrapassadas é pensar num mundo mais global e livre para participação de todos. 

Isso porque o segmento de tecnologia não pode jamais ficar restrito a determinadas características, ideias ou “personas” criadas com base em estereótipos. Tecnologia não é “assunto” de uma determinada classe, grupo social ou apenas de homens cisgênero e heterossexual, por exemplo. 

DIVERSIDADE NA PRÁTICA!

O Brasil é um país diverso. Formado por várias etnias, o país é um exemplo da riqueza cultural que tem como elemento diferenciado o seu povo miscigenado. Todavia, fruto de desigualdades sociais e raciais históricas, o Brasil ainda apresenta uma profunda discrepância quando se estabelece a relação: diversidade e mercado de trabalho. 

Quando se fala em diversidade, deve-se atentar para a inclusão de pessoas que estejam em uma equipe ampla em aspectos como raça, condição social, condição física, idade, gênero, escolaridade ou idade. 

O segmento de TI ainda demonstra um desequilíbrio em postos de trabalho quando se analisa a ocupação deles por mulheres e negros, por exemplo.

Num país em que, a cada Censo é comprovado que as mulheres são mais do que a metade da população em termos de atuação econômica, ou que a maior parte da população é composta por negros, a inclusão para formar equipes mais diversificadas precisa ocorrer de forma prática. 

MINDERA: INVESTIMENTO EM EQUIPES DIVERSIFICADAS 

Por isso, na Mindera, a empresa atua na formação de equipes diversificadas e que sejam montadas na inclusão como pressuposto. A empresa que abriu uma unidade no Brasil há poucos meses na cidade de Blumenau, no interior de Santa Catarina trabalha com foco em atender a diversidade que o Brasil tem. 

Isso porque a empresa não trabalha com uma estrutura fixa para contratação de cidadãos apenas de Santa Catarina, por exemplo, mas está aberta para profissionais de todo o país, já que as operações que executa podem ser feitas de modo remoto. 

Na Mindera, uma empresa com cultura organizacional humanizada, sem gestores e que incentiva a colaboração e auto-organização, há um respeito às vozes diversas e singularidades que o Brasil apresenta. E isso pode ser identificado na observação que a multinacional tem em relação a seus colaboradores, ou melhor, Minders. 

“No Brasil ainda estamos buscando cada vez mais eliminar as barreiras de contratação. Por ser uma empresa nova no país e ainda com clientes somente fora do Brasil, nossas vagas possuem como pré-requisito mandatório o inglês. Além disso, temos como estratégia para o Brasil ampliar a oportunidade para profissionais no início de carreira, como já acontece em países como Portugal”, aponta Fábio Jascone. 

Quem trabalha para a Mindera, seja no Brasil, ou em qualquer parte do mundo, não é apenas uma peça em uma grande linha de montagem. Mas sim, um protagonista dos processos que são executados como soluções para o mercado de tecnologia. 

INCLUSÃO E DIVERSIDADE AGREGAM VALOR 

Investir na contratação de profissionais em tecnologia sob requisitos que respeitem aspecto de inclusão e diversidade agrega valor para a empresa. Um capital que possibilita um ambiente democrático para a criação de soluções, produtos e serviços. 

Trazer uma gama de vozes diversificadas, com experiências distintas de vida e de mundo, possibilita ter um espaço enriquecido de talentos. 

Ou seja, a empresa cumpre um papel social rompendo com preconceitos e ajudando na superação de desigualdades provocadas por “modelos arcaicos” de organização social e econômica e também potencializa sua atuação como proponente de respostas para uma sociedade cada vez mais múltipla. 

Portanto, ao incorporar como uma política para empresas do ramo de tecnologia, uma maior inclusão e formação de equipes diversificadas, tem-se organizações prontas para atenderem os desafios que o mundo do século XXI produz. 

PLURALIDADE COMO DIFERENCIAL EM TECNOLOGIA 

É o que defende como bandeira e posicionamento a Mindera. A empresa tem sede em Portugal, com unidades em cidades portuguesas como Porto, Aveiro e Coimbra, além de ter escritórios em países como Romênia, Estados Unidos, Índia e Reino Unido. 

A multinacional atua com diversos serviços e produtos no ramo da TI, como fintechs, gamming e-commerce, entre outros. E a escolha por instalar uma unidade no Brasil é pela percepção do país como uma potência para o segmento de tecnologia, mas também pela diversidade do povo brasileiro. 

Dessa forma, a empresa desenvolve um trabalho para clientes tanto do país quanto do Exterior. E muito da sua expansão global está na efetivação de uma relação de parceria com colaboradores e clientes, tendo como resposta para seus produtos, uma construção tecnológica diversificada e inclusiva.

 

CONTEÚDO OFERECIDO POR MINDERA

A Mindera é uma empresa de tecnologia que atua em parceria com seus clientes no entendimento de suas necessidades de negócio para desenvolver e manter sistemas de software de alto desempenho.

Temos sede em Portugal nas cidades de Porto, Aveiro e Coimbra, com escritórios também no Reino Unido, Índia, Estados Unidos e Romênia.

No Brasil temos unidade em Blumenau, localizada no Ibiza Trade & Financial Center.

Para falar conosco: hello.br@mindera.com





Pinhalzinho, Jovem Programador e a economia criativa

Artigo de Carlos José Pereira, Diretor do Seprosc - Sindicato das Empresas de TI do Estado de SC