Crise vira oportunidade para profissionais da área têxtil

Crise vira oportunidade para profissionais da área têxtil

Com a crise provocada pela pandemia do novo coronavírus, a indústria precisou se reinventar.

Porém, em muitos casos, as demissões foram inevitáveis. 

No segmento têxtil, muitos dos trabalhadores dispensados estão encontrando alternativas na prestação de serviços. 

É o caso, por exemplo, de quem atuava com modelagem.

 

A busca por ferramentas que possibilitam o trabalho vem aumentando significativamente. 

Conforme Tyara Nascimento, CEO da Molde.me, startup de Jaraguá do Sul acelerada pela Spin, desde o início da crise, o crescimento no número de informais assinando a plataforma, que reduz custos e agiliza a execução das tarefas, chama atenção.  

 

Mas, a iniciativa não chamou atenção apenas dos modelistas. 

Recentemente, a startup catarinense recebeu investimento da RIA (Rede de Investidores Anjo). 

 

A marca oferece ao mercado têxtil uma ferramenta de modelagem digital na nuvem, que permite que modelistas desenhem ou digitalizem moldes para automatizar atividades como adicionar margens de costura, fazer gradação para todos os tamanhos, conferir medidas e adicionar pences. 

Segundo pesquisas, cerca de 50% do custo de uma confecção corresponde ao gasto com tecido, tornando qualquer economia nesse item um grande impacto nas contas.

 

A CEO Tyara Nascimento pontua:

 

“Um modelista produz 160% a mais quando trabalha com uma ferramenta de modelagem digital”.

“Fechamos a rodada que buscávamos e, agora, vamos alavancar o nosso crescimento e investir no reconhecimento da marca Molde.me como uma empresa inovadora, com um produto confiável e eficiente”.



Fácil - Softwares para gestão jurídica de escritórios de advocacia e empresas

Pabst & Hadlich - Advocacia empresarial

WK Sistemas - Sistemas de gestão empresarial. Escolha a WK e se surpreenda

Cavallazzi - Cavallazzi, Andrey, Restanho & Araújo Advocacia Empresarial

Service Contabilidade - Assessoria contábil e fiscal