ENERGIA

SC possui quase 2 mil empresas que podem migrar para o Mercado Livre de Energia

01/07/2022 17:00:00

SC possui quase 2 mil empresas que podem migrar para o Mercado Livre de Energia
Álvaro Scarabelot, da RBE

Um estudo especial realizado pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) revelou que Santa Catarina possui hoje 1.849 empresas que podem migrar para o Mercado Livre de Energia.

São quase 70 mil em todo o Brasil. 

Tratam-se de empresas de grande e médio porte que, sozinhas ou em comunhão de filiais (somatório de unidades), alcançam mensalmente uma carga energética acima de 500 kW e uma conta de energia superior a 30 mil reais. 

A exemplo: indústrias, comércios (como shoppings centers), prestadores de serviços (como hospitais), entre outros.

O Mercado Livre de Energia (MLE) é um ambiente de negociação contratual que permite ao agente consumidor adquirir energia elétrica diretamente de geradores e comercializadores de sua escolha, acordar preços, período e outras condições em contrato, sendo a migração de unidades consumidoras para o MLE regulamentada pelo governo.

As unidades consumidoras que não alcançam este patamar de carga energética permanecem no Mercado Cativo, em que a contratação de energia acontece de forma compulsória com a distribuidora regional. 

Portanto, o MLE é voltado para médias e grandes demandas, enquanto o ambiente cativo atende o consumo amplamente domiciliar e das empresas que ainda não migraram, seja por escolha própria ou inelegibilidade.

A vantagem do ambiente livre é que, com a negociação contratual, é possível obter melhores preços, condições, e identificar oportunidades de negociação de energia. 

Existem empresas especializadas que prestam suporte em todos os aspectos dessa gestão.

Uma empresa que tem se destacado no cenário catarinense é a RBE, empresa do Grupo H. Carlos Schneider, do qual faz parte também a Ciser, maior fabricante de fixadores da América Latina.

Desde 2011, atua com operações de comercialização de energia elétrica no MLE, consultoria de processos no setor, e com o gerenciamento de consumo e identificação de alternativas para redução dos custos no Mercado Cativo.

 A RBE

Fundada em 2011 e localizada em Joinville, a RBE é uma empresa do Grupo H. Carlos Schneider, que comercializa energia elétrica no mercado livre. 

Atualmente, a companhia conta com mais de uma centena de clientes, entre indústrias, empresas e instituições de grande porte. 

Com o compromisso de fornecer soluções em energia elétrica mais econômicas, a RBE oferece serviços que vão da consultoria até à venda e à gestão energética.  

O GRUPO HCS

Com uma história de 140 anos, o Grupo H. Carlos Schneider, de Joinville, reúne sete empresas que são referência nacional em diversos segmentos: 

  • Ciser, Ciser Automotive e FCF, fabricantes de soluções em fixação;
  • Hacasa, empreendimentos imobiliários;
  • RBE, gestão e comercialização de energia;
  • Intercargo, soluções logísticas;
  • Agropecuária Parati.

Mantém ainda o ITHIO, entidade que organiza ações sociais, ambientais, de pesquisa e desenvolvimento. 

Atualmente, o Grupo HCS emprega mais de 2 mil colaboradores e conta com uma carteira de aproximadamente 20 mil clientes em mais de 25 países.





Pinhalzinho, Jovem Programador e a economia criativa

Artigo de Carlos José Pereira, Diretor do Seprosc - Sindicato das Empresas de TI do Estado de SC