PROJETOS

Fapesc abre inscrições para 30 bolsas de R$ 4 mil para gestão de projetos

07/04/2021 12:30:00

Fapesc abre inscrições para 30 bolsas de R$ 4 mil para gestão de projetos

Já estão abertas as inscrições para atuar no Núcleo de Projetos Setoriais (NUPROJ), organizado pelo Escritório de Gestão de Projetos de Santa Catarina (EPROJ). 

A ação envolve diferentes secretarias e instituições do Governo do Estado para melhorar a gestão de projetos. 

São 30 bolsas para especialistas no valor de R$ 4 mil

A seleção é realizada pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc). 

As inscrições vão até 22 de abril diretamente no site ou na plataforma da fundação

O período da bolsa é de 12 meses, podendo ser prorrogado por mais um ano. 

Esse é o segundo edital para bolsistas em parceria com o EPROJ. 

O primeiro foi lançado no início de 2020. 

O investimento neste ano chega a R$ 2,88 milhões. 

O coordenador geral do EPROJ, Vitor Correa, explica que foram selecionados 20 especialistas no último edital para atender 15 órgãos públicos e entidades do Governo de Santa Catarina. 

QUEM PODE PARTICIPAR

Podem participar do edital 07/2021 profissionais graduados em qualquer área, mas com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos ou com certificações PMP (Project Management Professional), PMI-ACP (PMI Agile Certified Practitioner), MPM (Master Project Manager), PSM I (Professional Scrum Master I), CSM (Certified ScrumMaster) ou PRINCE2 (Practitioner). 

A chamada faz parte do Programa #[email protected]+Pesquisa&Inovação, que tem o objetivo de levar ações de ciência, tecnologia e inovação para dentro dos órgãos públicos do governo do Estado. 

Em caso de dúvidas sobre o edital, é possível enviar a pergunta para o e-mail [email protected].

O presidente da Fapesc, Fábio Zabot Holthausen, destaca: 

“Nosso objetivo é ampliar as ações de ciência, tecnologia e inovação dentro do Governo do Estado”. 

“Permitir a qualificação de bolsistas a partir das demandas da sociedade catarinense são objetivos desta chamada pública”. 

“Buscamos gerar inovação e oportunidades também para dentro da administração pública”. 

A gerente de Eventos em CTI, Ana Paula Netto Carneiro, também responsável pelas bolsas, completa:

“A atuação dos bolsistas deve contribuir para a implantação de práticas de pesquisas e inovação por meio da disseminação e consolidação do modelo de governança por projetos”. 

“Desta forma, contribuindo com o equilíbrio regional, o desenvolvimento econômico sustentável e a melhoria da qualidade de vida da população do Estado de Santa Catarina”.