| Publicado em: 23/02/2018 09:00:00

Na última terça-feira, dia 20, foi reinaugurado o porto de Concepción, no Paraguai.

Através dele cerca de 1 milhão de toneladas de milho devem ser trazidos para Santa Catarina.

A vantagem é que o grão deve ser importado ao estado por um preço menor.

Até então, o produto chegava através de Foz do Iguaçu, no Paraná, caminho de 200 quilômetros mais longo.

 

Agora, a mercadoria fará o seguinte trajeto:

  • A compra será feita nos Departamentos de Itapua e Alto Paraná (Paraguai)

  • O transporte segue pelo porto paraguaio de Carlos Antonio Lopez

  • Passará pelo rio Paraná em balsas

  • Entrará no porto de Sete de Agosto (Argentina)

  • Chegará na divisa com o Brasil até o porto Dionísio Cerqueira (Santa Catarina)

 

Dados da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado (Faesc), revelam que Santa Catarina produz 1 bilhão de aves e 12 milhões de suínos por ano

Isso gera uma necessidade de 6,5 milhões de toneladas de milho por ano.

Mas a produção local não é suficiente, pois produz entre 3,5 milhões e 4 milhões de toneladas do grão.



SC tem o seguro automotivo mais barato da região Sul, aponta levantamento da TEx
Pesquisa mostra que empresas de TI proporcionam remuneração de R$ 35,9 milhões em SC
SulAmérica investe na parceria com corretores da região Sul
Sesi Brusque traz especialistas para workshop sobre e-Social
Patrocinado

Blog do Editor



























Agenda Executiva

Encontre cursos, palestras e eventos em Santa Catarina


Empregos

Pensou em mudar de empregou ou carreira?
Encontre sua nova vocação



As mais lidas







Reprodução

Permitimos a livre reprodução do conteúdo, respeitados os contextos da edição. Agradecemos a citação da fonte - www.noticenter.com.br

Endereço

Rua Petrópolis, 206 - CEP 89010-240 - Blumenau - SC
Telefone (47) 3035-4314

Visite as Redes Sociais

Capa | Cidades | Blog do Editor | Legislação | Carreiras | Entidades | Gestão | Indústria | Logística | Marketing | Tecnologia | Têxtil | Imóveis | Saúde | Veículos |