| Publicado em: 11/01/2018 08:30:00

A Secretaria de Estado da Fazenda publicou no dia 15 de dezembro o Valor Adicionado ano 2016 e o Índice de Participação dos Municípios (IPM) sobre a arrecadação do ICMS, que será aplicável no exercício 2018, com base no valor adicionado gerado pela economia de Joaçaba, entre os anos de 2015 e 2016.

O IPM é o índice que calcula a participação que cada município terá direito no ICMS arrecadado pelo Estado, sendo a receita mais importante dentre todas as transferências feitas pelo estado.

O de Joaçaba cresceu de 0,4404738%, em 2015, para 0,4695115%, em 2016, uma variação positiva de 6,6%, em síntese.

Michel Carlesso Ávila, secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação, estima que essa variação representará um acréscimo de R$ 1,1 milhões na arrecadação do município.

“Apesar da crise que assola o país, Joaçaba demonstra estar conseguindo manter a sua atividade econômica em crescimento, mostrando o perfil empreendedor de um povo que se reinventa e mostra o poder de recuperação no momento mais difícil da economia brasileira”. 



Cidades registram queda na geração de empregos em maio
Aurora Alimentos premia avicultores por desempenho de qualidade
Aplicativo lembra contribuintes a pagar o IPTU no prazo
Agronegócio representa 63% das exportações de SC em 2018
Patrocinado

Blog do Editor



























Agenda Executiva

Encontre cursos, palestras e eventos em Santa Catarina


Empregos

Pensou em mudar de empregou ou carreira?
Encontre sua nova vocação



As mais lidas







Reprodução

Permitimos a livre reprodução do conteúdo, respeitados os contextos da edição. Agradecemos a citação da fonte - www.noticenter.com.br

Endereço

Rua Petrópolis, 206 - CEP 89010-240 - Blumenau - SC
Telefone (47) 3035-4314

Visite as Redes Sociais

Capa | Cidades | Blog do Editor | Legislação | Carreiras | Entidades | Gestão | Indústria | Logística | Marketing | Tecnologia | Têxtil | Imóveis | Saúde | Veículos |