| Publicado em: 07/02/2018 05:00:00

Conteúdo oferecido por Teiko

 

Nestes tempos de transformação digital, o setor de tecnologia ganha importância crescente nas organizações, sendo cada vez mais percebido como um fator chave para a competitividade do negócio.

Afinal, a tecnologia contribui decisivamente para o crescimento da empresa e o aperfeiçoamento de seus produtos ou serviços ao auxiliar no planejamento e análise, permitindo mensurar e rever estratégias.

E para saber como melhorar o desempenho do negócio, otimizar as políticas internas e mesmo apresentar os resultados do setor às chefias, o gestor e a equipe de TI lançam mão de diversas métricas.

A seguir, abordaremos de forma clara o que são as métricas e por onde começar a aplicá-las. 

 

O que são métricas de TI?

São, basicamente, critérios para quantificar a eficiência e eficácia de todos os processos desenvolvidos por um departamento de TI.

Ou seja, são ferramentas para mensurar ações e seus resultados.

Essas métricas indicam a realidade da companhia, mostram como os procedimentos transcorrem, em quais pode haver falhas e qual o impacto sobre os resultados que são esperados, o que é preciso para alcançar as metas planejadas. 


A seguir, elencamos 5 dos principais pontos que as métricas de TI devem abordar:

  1. Execução de sistemas de produção: trata-se de medir a performance operacional, como os processos ocorrem, quanto tempo levam, o número de ocorrências, bugs e incidentes.

  2. Entrega de novas funcionalidades: mensura quais são as necessidades (demandas) do setor ou do negócio, o tempo de atendimento, funcionalidades a desenvolver, testes e resultados.

  3. Envolvimento da equipe: mede a produtividade do time em determinado período de tempo, como a quantidade de atendimentos realizados/itens produzidos por cada colaborador por semana, número de incidentes ou ocorrências relatadas por integrante durante um mês.

  4. Custos/impactos do setor: mensura os fatores ligados à excelência financeira, a utilização dos recursos. O ROI (retorno sobre os investimentos) é uma das métricas mais utilizadas pelos gestores de TI hoje, pois comprova o retorno sobre os gastos realizados em tecnologia permitindo mostrar o impacto sobre o negócio.

  5. Aproveitamento dos servidores: mede-se o índice de disponibilidade das aplicações, com o objetivo de garantir que as operações aconteçam sem interrupções com um bom desempenho do ambiente de TI.

 

Ao partir desses conceitos, o gestor de TI está apto a testar toda a infraestrutura disponível, bem como gerenciar quais projetos precisam ser desenvolvidos para potencializar o desenvolvimento de sua empresa.

 

Começando a avaliar:

Um bom planejamento e a busca por uma administração eficiente são os pontos mais importantes quando a empresa decide por aplicar métricas de TI para avaliar-se.  

Mas de nada adianta criar uma métrica de avaliação sem definir quais objetivos devem ser alcançados. 

É preciso conhecer bem a estrutura da atividade, para então determinar o papel da equipe de TI e como ela pode atuar sempre melhor de modo a contribuir com o crescimento da empresa.

Daí em diante, é possível traçar qual será a estratégia e como os resultados obtidos pelas métricas deverão tornar-se indicadores que vão impactar na gestão de todo o investimento do negócio.

 

Resultados diretos: 

O setor de tecnologia é bastante demandado, sendo que é preciso trabalhar com muito planejamento e possuir certa capacidade de adaptação.

Um gestor que aplica métricas de TI nos processos desenvolvidos por sua área, além de garantir um serviço de maior qualidade, pode ajudar a definir qual é o momento correto para começar um investimento, apostar em um novo projeto ou mudar processos que não estejam funcionando da forma correta.

Os resultados dessa avaliação são realmente práticos e objetivos, uma vez que causam um impacto direto na redução de custos, evitando gastos desnecessários, e levam à melhor produtividade da empresa.

E na sua companhia, quais são as métricas adotadas pelo setor de TI? 

 


ConexãoNF-e - Consulta, armazenamento e impressão de NFe e CTe
Orbitotal Brasil - Sistemas em gamificação para treinamentos, apresentação de produtos e vendas
Viacredi - Cooperativa de crédito com soluções vantajosas para empresas


SOU.IS patrocina a 7ª Semana da Indústria Eletro-Metal-Mecânica
Recebimento automatizado de nota fiscal eletrônica: como ajuda o financeiro?
Em Jaraguá do Sul, fundador da StartSe visita a Spin
Fintech de Joinville é uma das 25 startups mais cobiçadas no Brasil
Patrocinado

Blog do Editor



























Agenda Executiva

Encontre cursos, palestras e eventos em Santa Catarina


Empregos

Pensou em mudar de empregou ou carreira?
Encontre sua nova vocação



As mais lidas







Reprodução

Permitimos a livre reprodução do conteúdo, respeitados os contextos da edição. Agradecemos a citação da fonte - www.noticenter.com.br

Endereço

Rua Petrópolis, 206 - CEP 89010-240 - Blumenau - SC
Telefone (47) 3035-4314

Visite as Redes Sociais

Capa | Cidades | Blog do Editor | Legislação | Carreiras | Entidades | Gestão | Indústria | Logística | Marketing | Tecnologia | Têxtil | Imóveis | Saúde | Veículos |