Logística | Publicado em: 10/07/2017 07:45:00

Uma pesquisa indica que 55,2% dos moradores de São Francisco do Sul consideram que o Porto Brasil Sul trará benefícios para a cidade. Já 79,6% dos entrevistados concordam que o empreendimento trará novos investimentos para São Francisco do Sul.

Outros 20,4% ainda estão em dúvida e responderam “talvez". 

A pesquisa foi realizada no dia 16 de junho pelo Instituto VC  no Centro e bairros de São Francisco do Sul

Foram entrevistadas 500 pessoas, com margem de erro de 3% para mais ou para menos.

“O Porto Brasil Sul foi planejado para oferecer à comunidade de São Francisco do Sul mais uma alternativa de desenvolvimento, de emprego, de renda, de oportunidades de empreendedorismo, trabalhando ao lado dos outros portos e terminais”, explica Marcus Barbosa, diretor da WorldPort Desenvolvimento Portuário, empresa gestora do Porto.

Entre os benefícios citados pela população durante a pesquisa estão geração de emprego, com 55,8% das respostas, seguido de desenvolvimento para a cidade (18%), melhora na infraestrutura (11,6%) e na renda (5,8%).

A pesquisa também revelou uma tendência de aceitação do empreendimento, em razão do desenvolvimento que trará para toda a região: 64,6% responderam “sim" ou “talvez" a pergunta sobre se deixariam um porto se instalar na região do Forte/Sumidouro.


O EMPREENDIMENTO

O Porto Brasil Sul será instalado na região da Ponta do Sumidouro, com o objetivo de se tornar o quinto maior porto multicargas do País, dispondo de oito berços de atracação, com movimentação projetada 20 milhões de toneladas/ano.

Atualmente, o Estudo de Impacto Ambiente (EIA) e o Relatório de Impacto Ambiental (RIMA) estão sob análise dos técnicos da Fundação do Meio Ambiente de Santa Catarina (Fatma).

O empreendimento foi desenvolvido dentro do conceito de um Hub Port - porto concentrador de cargas e de linhas de navegação - do MERCOSUL, com capacidade para receber, e após adequações necessárias no canal de acesso, navios da classe Post Panamax, as maiores embarcações de carga do mundo, com até 18 mil TEUs e 220 mil toneladas.

Durante o período de obras, que levará entre cinco e seis anos, serão gerados cerca de 2,4 mil empregos diretos. E, quando o porto estiver em total operação, serão gerados cerca 3 mil empregos diretos.


ACESSOS

Outro destaque da pesquisa é que os moradores aprovam e acreditam no compromisso do Porto Brasil Sul em construir as vias de acesso ao empreendimento. Foram 58% dos entrevistados que responderam "sim" à questão e 21% “talvez".

A WorldPort já desenvolveu o projeto da diretriz para o acesso ao Porto. “Será uma rodovia duplicada, com pavimentação asfáltica e ciclovia para beneficiar toda a comunidade", indica o diretor Marcus Barbosa.

Também já existem negociações para ampliação do ramal ferroviário até o futuro Porto Brasil Sul


Linha Direta

Porto Brasil Sul
(47) 3444-8114
www.portobrasilsul.com.br


Multilog apresenta diferenciais logísticos para executivos alemães
Allog International Transport produz vídeo para o Dia do Cliente
Estado quer milho do Paraguai para produção de carnes e leite
Câmara de S. Francisco aprova moção em favor do novo porto
Patrocinado
Patrocinado
Patrocinado
Patrocinado

Blog do Editor






















Patrocinado





Agenda Executiva

Encontre cursos, palestras e eventos em Santa Catarina


Empregos

Pensou em mudar de empregou ou carreira?
Encontre sua nova vocação



As mais lidas







Reprodução

Permitimos a livre reprodução do conteúdo, respeitados os contextos da edição. Agradecemos a citação da fonte - www.noticenter.com.br

Endereço

Rua Petrópolis, 206 - CEP 89010-240 - Blumenau - SC
Telefone (47) 3035-4314 | (47) 3035-4316

Receba em seu e-mail



Visite as Redes Sociais

Capa | Cidades | Blog do Editor | Legislação | Carreiras | Entidades | Gestão | Indústria | Logística | Marketing | Tecnologia | Têxtil | Imóveis | Saúde | Veículos |